Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | Sebastião e Clara, de Tadeu Rodrigues

Resenha | Sebastião e Clara, de Tadeu Rodrigues

14358975_875761362561177_1937124245188202202_n-300x300 Resenha | Sebastião e Clara, de Tadeu RodriguesTítulo: Sebastião e Clara

Autor: Tadeu Rodrigues

Editora: Penalux

Número de páginas: 362

Gênero: Romance

Sinopse: Ele, um morador de rua.
Ela, uma estudante de música.

Sebastião foi vítima de violência doméstica quando criança e passou a viver nas ruas da cidade grande. Conheceu seu melhor amigo, Mago, e se encantou com a magia do Blues; vindo a se tornar um exímio gaitista.

Clara é uma jovem estudante de música, que enxergou na esquina do conservatório que estuda um novo rumo à sua vida.

Descubra como a realidade da vida desarmônica dos dois os uniu.

RESENHA

Poucos livros são capazes de nos calar. Muitos, trazem reflexões sobre a vida, nossas próprias escolhas e a complexidade dos sentimentos. No entanto, quase nenhum é hábil suficiente para nos dar um soco na boca do estômago e escancarar aquilo que, por vezes, fingimos não ver bem na nossa cara.

Sabe quando você está andando por uma livraria e se depara com um livro que lhe prega a atenção pela impecabilidade da capa? Aí, você cuidadosamente o retira da prateleira para ler a sinopse, prevendo uma decepção, mas acaba querendo sacar o cartão de crédito e começar a lê-lo ali mesmo? É assim com Sebastião e Clara.

A história acompanha Sebastião, um adolescente que foi vítima de violência doméstica e acabou fugindo de casa para viver nas ruas da cidade grande. Até aí, a  narrativa poderia  descarrilar por uma série de clichês: ele se envolve com drogas e acaba sozinho e sem perspectiva de uma vida no futuro. Mas Sebastião acaba virando grande amigo de Mago, um morador de rua já mais velho que o ensina muito sobre música e sobre a vida.

Depois, acaba se apaixonando por Clara, uma menina de classe média que estuda no Conservatório Musical da cidade. A despeito de todas as expectativas, Clara também acaba gostando de Sebastião e criando laços verdadeiramente fortes com o menino. Juntos, os dois começam a construir um futuro permeado por incertezas e percalços.

O que me chamou a atenção de imediato foi a imensa humanidade do autor em lidar com um tema ainda tão discriminado, como pessoas vivendo em situação de rua e abordar questões como o uso de drogas, fumo exagerado de cigarros, crimes sendo cometidos, arrependimento, amizade e amor.

Sebastião e Clara nos traz um novo olhar sobre tudo aquilo que achávamos conhecer e nos faz questionar se a vida que vivemos é a que desejamos. Além de deixar encravada em nossa mente uma mensagem ainda essencial: Nunca devemos desistir dos nossos sonhos, por mais impossíveis que eles possam parecer.

Sobre Gabriela Bandeira

Jornalista mineira, totalmente apaixonada por literatura nacional e internacional. Autora do livro-reportagem Singularidades - Um olhar sobre o Autismo.

Veja Também

Lançamento | Ethan Frome, de Edith Wharton

A editora Penalux promove um resgate literário ao lançar o clássico romance Ethan Frome, de …

Literatura Nacional | Novo livro de Anderson Henrique

Em 2014 o autor Anderson Henrique lançou a obra Anelisa sangrava flores, resenhado por nós, …

Resenha | Bicho Metropolitano, de Anchieta Mendes

Mostrar ao leitor o “bicho” que cada ser humano carrega dentro de si. Essa é …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas