Início / Resenhas / Literatura Estrangeira / Resenha | Destroçados, de Karin Slaughter

Resenha | Destroçados, de Karin Slaughter

193a392b-e82e-4ad3-941c-fe9261bc6f361-210x300 Resenha | Destroçados, de Karin Slaughter

O suposto suicídio de uma jovem universitária em um lago gelado de Grant  logo se torna uma investigação de assassinato após a policial Lena Adams encontrar uma marca de facada em seu pescoço. Uma investigação apressada acaba por prender o jovem Tommy como acusado.

Sara Linton, uma médica de Atlanta e antiga médica legista do condado de Grant chega a cidade para o feriado de Ação de Graças com a família, mas acaba envolvendo-se no caso e abrindo ainda mais feridas  pouco cicatrizadas de seu passado.

Will Trent chega a Grant à chamado de Sara para investigar o departamento de polícia local sobre a morte de um dos presos e descobre segredos perigosos escondidos na pequena cidade.  

Resenha

Destroçados é um livro tenso do início ao fim. Começamos o livro com Alisson Spooner, uma jovem universitária que luta para mudar o seu destino, mas cuja vida é tirada cedo demais. Sua amargura e complexidade marca o tom do restante do livro e é seu fim trágico no lago Grant, que começa uma investigação que abala os segredos do passados dos demais personagens.

A detetive Lena Adams é a primeira das personagens principais que conhecemos. Ela parece ser uma policial correta, inteligente, um pouco manipulada por seu chefe Frank, de quem ela acoberta muitas falhas. É Lena que primeiramente desconfia que a morte de Alisson pode ser mais que um suicídio de uma jovem deprimida. Ela acaba por prender Tommy, um jovem cuja garagem Alisson alugava, em uma operação frustrada que acaba por resultar em um dos seus colegas policiais gravemente ferido.

Sara Linton chega a Grant para passar o feriado de Ação de Graças com seus pais. Anos antes ela havia ido para Atlanta depois que seu marido Jeffrey, o antigo chefe da polícia local, havia sido assassinado. Ela é chamada para comparecer na delegacia para acalmar Tommy, a quem tinha tratado quando era criança. Sara, apesar de inicialmente não lembrar-se do garoto, logo entende que Tommy não poderia ter cometido o crime.

Quando Will Trent chega ao condado de Grant, a chamado de Sara, para investigar o departamento de polícia ele logo percebe que há algo mais que o desejo de desvendar o caso e de fazer justiça a Tommy no pedido da médica. Ela guarda um desejo de vingança pessoal contra a detetive Lena, a responsável pelo caso.

A polícia local também guarda grandes mistérios. A estranha e destrutiva cumplicidade entre Frank e Lena, a postura agressiva dos outros policiais e a dificuldade que todos parecem impor à investigação de Will, deixa claro que há algo a mais no departamento policial do que os olhos possam ver.

Se há algo em que Destroçados se destaca é na construção de personagens. Will, Lena e Sara são complexos, amargos, profundos. Vê-los pela perspectiva uns dos outros é fascinante e um lembrete de como nossos preconceitos e traumas obstruem nossa visão sobre os outros e sobre nós mesmos.

Lena vê a si mesma como uma policial que faz o máximo que pode e uma mulher com uma vida pessoal conturbada, que ela parece não ter controle sobre. Sara a vê com uma oportunista covarde, que parece escapar qualquer punição. Will se vê com um fracasso, um homem quebrado, com um segredo que ele sofre em esconder. Lena e Sara o vêem com um investigador ágil, inteligente, com um senso apurado e um processo de pensamento muito acima da média.

Se os personagens são o ponto forte do livro, o ponto fraco com certeza é o mistério em si. Apesar de bem construído e intrigante, sua resolução deixa um gosto de decepção. Conceitos não comentados inicialmente e personagens que surgem apenas para desempenhar certos papéis deixam a impressão de que a resolução poderia ter sido muito mais ousada.

Apesar desse pequeno problema ao final, Destroçados é uma leitura rápida com um desenvolvimento intrigante com ótimos personagens e que envolve do inicio ao fim.

Ficha Técnica
Titulo Destroçados
Autor Karin Slaughter
Editora Record
Páginas 446
Gênero Suspense
Tradução Claudia Costa Guimarães
Titulo em Inglês Broken

Destroçados

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Excelente

O suposto assassinato de uma jovem num lago desencadeia uma investigação que traz a tona antigos segredos e magoas.

Sobre Edna Paula

Eu sou uma apaixonada por histórias e como toda leitora louca, uma acumuladora de livros.
Meus livros favoritos são Orgulho e Preconceito, Harry Potter e O Senhor dos Anéis.
Como dá pra perceber eu amo fantasia e romances! Meu Kindle é meu companheiro de todas as horas :)

Veja Também

Resenha | Dumplin’, de Julie Murphy

Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e …

Resenha | Assim na terra como embaixo da terra, de Ana Paula Maia

“Durante todo o fim de tarde os homens permanecem entreolhando-se a distância vez ou outra …

Literatura Nacional | Sob o olhar obtuso da morte, de Darlon Carlos

Rotineiramente nos chega aqui nos bastidores informações de novos livros apontando por aí… vários deles …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas