Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | Contra todas as Probabilidades, de Renata Correa

Resenha | Contra todas as Probabilidades, de Renata Correa

Contra-todas-as-probabilidades-EscrevArte-209x300 Resenha | Contra todas as Probabilidades, de Renata CorreaTítulo: Contra todas as Probabilidades

Autora: Renata R. Correa

Páginas: 206

Gênero: Romance

Fonte: Cortesia da Autora

Skoob

Sinopse (Skoob): A vida profissional de Ana, uma jovem e solitária decoradora de interiores, órfã de pai e mãe, estava ótima, já sua vida pessoal andava de mal a pior. Até que um certo dia, após ouvir uma bela canção de amor no rádio, começou a se sentir diferente, quando teve um pressentimento de que sua vida estava prestes a mudar, como se aquela melodia, cantada por uma incrível voz rouca, tivesse tocado seu coração. Ela se apaixona então, platonicamente, pelo músico Marcus, o vocalista da banda que tocava na rádio, e acaba o conhecendo de uma forma inusitada. Depois desse encontro, sua vida nunca mais será a mesma.
Contra todas as probabilidades faz referência à improbabilidade da história de amor entre Ana e Marcus, por viverem em realidades diferentes, cidades diferentes, estarem envolvidos em relações diferentes e, mesmo assim, unirem seus corações. É uma história bonita de amor, de dor, de sofrimento, mas principalmente de aprendizado e de recomeços. O livro inspira esperança porque permite ao leitor acreditar que tudo pode melhorar desde que não se desista, mesmo contra todas as probabilidades.

RESENHA

Apesar de ainda ser jovem Ana já sofreu muito e traz em seu olhar uma tristeza que às vezes fica difícil disfarçar. Ela perdeu os pais quando ainda era pequena, filha única foi morar com os avós maternos. Quando estava na faculdade perdeu a avó e depois de um ano o avô. Se não fosse pelas amigas, Ana não teria mais ninguém com quem contar em seus momentos de felicidade ou de dificuldade. Apesar de tanto sofrimento ela sabia que tinha que continuar e ser forte mesmo com a vida sempre lhe impondo obstáculos dolorosos.

Ana morava sozinha e não tinha tempo para se apaixonar, decoradora de ambientes colocava o trabalho em primeiro lugar e o usava para ocupar a cabeça. Certo dia ao ligar o rádio uma música lhe chamou a atenção, não a música em si, mas a voz que a cantava. A voz era de Marcus, vocalista da banda 330 Hertz. A princípio Ana se vê apaixonada por ele, porém ela reconhece que é apenas um amor platônico, afinal Marcus é famoso e está no auge de sua carreira enquanto ela é apenas uma pessoa comum.

Os dias vão passando e Ana se vê cada dia mais apaixonada, até que a banda 330 Hertz vai fazer um show na cidade de Ana e ela não perde chance de vê-lo pessoalmente. Por mais improvável que seja Ana e Marcus se conhecem, mas como será que seus caminhos se tornaram apena um? De mundos totalmente diferentes Marcus e Ana lutaram Contra todas a probabilidades para que suas histórias tenham um final feliz.

A história é narrada em primeira pessoa e é intercalada por Ana e Marcus, a autora Renata trouxe um romance leve, fácil de ler e com capítulos nem um pouco cansativos. A mensagem que o livro traz é clara e nos inspira a lutar por aquilo que queremos, mesmo que seja algo que nos parece ser impossível. Alguns acontecimentos são muito rápidos e não ficam claros a noção de tempo ou quais são os reais sentimentos dos personagens deixando a história um pouco superficial, porém a leitura não deixa de ser agradável. E confesso que terminei o livro um pouco mais sentimental rsrs.

Foram raros os erros de revisão e nenhum de diagramação. A margem está ótima, o livro tem 243 folhas em amarelo pólen. Achei a letra pequena, mas não interferiu na leitura e a capa é toda lisinha em tons de azul. O livro ficou lindo, vale a pena conferir esse romance “amorzinho”.

 

Contra Todas as Possibilidades

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Muito bom!

Sobre Jess

Muito amor pela minha família, amigos, animais, livros e por todas as coisas boas que a vida tem pra oferecer, não acredito em sorte, acredito em Deus. – “Gosto daquilo que me desafia. O fácil nunca me interessou, já o obviamente impossível sempre me atraiu” Clarice Lispector🍁🌼

Veja Também

Resenha | No reino das girafas, de Jacqueline Farid

Uma mulher enfrenta o desejo da separação do companheiro e as dúvidas desencadeadas pelo desejo, …

Resenha | As altas montanhas de Portugal, de Yann Martel

Três jornadas, três corações partidos e uma pergunta: O que é uma vida sem histórias? …

Resenha | O Coração do roqueiro, de Terri Anne Browning

Layla… Teve uma vida difícil. Por conta própria bem jovem, sempre fez o que precisava …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas