Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | Bicho Metropolitano, de Anchieta Mendes

Resenha | Bicho Metropolitano, de Anchieta Mendes

capa_bicho-191x300 Resenha | Bicho Metropolitano, de Anchieta MendesMostrar ao leitor o “bicho” que cada ser humano carrega dentro de si. Essa é a intenção do escritor Anchieta Mendes com o seu novo livro “Bicho Metropolitano”.

A obra traz para literatura o cotidiano das pessoas mostrando o lado animal do ser humano de uma forma coloquial, de ângulos irônicos e, ao mesmo tempo, cômicos.

Ao todo, a obra reúne quatorze contos com narrativas simples. Segundo o autor, uma boa história não precisa ser apresentada por meio de vários caminhos tortuosos. “Por exemplo, o simples caminhar mostra como as pernas e os braços fazem parte do equilíbrio, e a cabeça focada no alvo, ou seja, a história”, comenta.

Resenha

Esta coletânea reúne quatorze contos do cotidiano urbano predominantemente nordestino, através de narrativas simples, mas que por vezes nos deixam pensativos com seus desfechos desconcertantes.

O Bicho Metropolitano nos trás histórias recheadas de ironia e sarcasmo, histórias que nos apresentam o lado “animal” do ser humano através do cotidiano de pessoas comuns. Um bicho-gente mostrado em contos como Apocalipse, que relata a história de um homem que tem uma visão e por isso perde a fala; Bicho Metropolitano, o mesmo do título, que é o relato de um homem que jamais saiu de casa, tornando-se, por conta disso, um ser exótico aos olhos da vizinhança; Uma visão, que apresenta três irmãs que têm como único elo um gato, enquanto tricotam elas relembram passagem de suas vidas; o Canto do Galo, conto satírico-religioso que relata a história de um homem que mente para a mulher sobre sua traição e é desmentido pelo próprio galo de criação; e o meu preferido, O zumbi, que é uma narrativa que reflete como as aparências enganam, e mostra um tenebroso homem maltrapilho que adentra num ônibus para horror dos passageiros presentes. 

O que viu Magnólia: Altura de quase dois metros; os cabelos pretos e grisalhos, embora rentes ao crânio; os olhos fundos e escuros, em órbitas ornadas pelos ossos à mostra; os braços e mãos esqueléticas de quem, jurava, havia morrido há tanto tempo;(…), e por fim, aquele odor de chamar a atenção de moscas e urubus.

Os títulos dos contos são um caso a parte, alguns deles nos dão uma ideia de estarmos diante de algo sobrenatural: Apocalipse, O zumbi, Velório doutro mundo, Promessa do Além e Amor em três dimensões. Embora os títulos nos leve a pensar desta forma, na verdade estamos diante de contos mais bizarros (ou até grotescos) do que sobrenaturais. Se pensarmos bem, o bizarro e o grotesco estão diante de nós o tempo todos, então o autor utiliza-se de sátiras e ironias para nos mostrar essa realidade.

Com relação ao projeto gráfico, a capa possui uma solução interessante, uma ilustração de uma cobra com o título da obra escrito nela e manchas amarelas por baixo. A diagramação é simples e tranquila de ler. Já a revisão, não encontrei nenhum erro.

Bicho metropolitano é um livro que nos desperta, que nos incomoda, e que nos tira da zona de conforto. É um livro que nos esfrega uma visão de mundo do autor, mas que na verdade é a nossa realidade, uma realidade que muitas vezes não percebemos. Vale a leitura e a reflexão!

Algumas meninas acharam interessante namorar um bicho metropolitano. Novidades para as redes sociais. O tímido entrou fundo, embora calmo e discreto, totalmente diferente da forma de comer.

 

Bicho Metropolitano

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Muito Bom!

Bicho metropolitano é um livro que nos desperta, que nos incomoda, e que nos tira da zona de conforto. É um livro que nos esfrega uma visão de mundo do autor, mas que na verdade é a nossa realidade, uma realidade que muitas vezes não percebemos. Vale a leitura e a reflexão!

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de TV. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Veja Também

Literatura Nacional | Eram olhos enfeitados de Sol, de Dênisson Padilha Filho

Dênisson Padilha Filho lança novo livro em Salvador Eram olhos enfeitados de Sol – Editora …

Lançamento | Ethan Frome, de Edith Wharton

A editora Penalux promove um resgate literário ao lançar o clássico romance Ethan Frome, de …

Literatura Nacional | Novo livro de Anderson Henrique

Em 2014 o autor Anderson Henrique lançou a obra Anelisa sangrava flores, resenhado por nós, …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas