Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | Ativista, de Joe de Lima

Resenha | Ativista, de Joe de Lima

Kindle-Ativista-210x300 Resenha | Ativista, de Joe de LimaVera Cruz está em guerra. Em meio ao caos dos conflitos, um novo governo se estabelece, instaurando uma ditadura violenta e implacável. Ainda se recuperando, Marcel tem de se preparar para sua próxima missão. 

Ao mesmo tempo, Camilla e Flora fazem planos para libertar o país. Contudo, o atrito entre elas é cada vez maior. Em meio às festas de fim de ano, Marcel e seus companheiros irão atravessar o país, encontrando novos aliados e inimigos, enquanto lutam para salvar seus familiares e para mudar o destino de Vera Cruz. 

Na explosiva conclusão da série, Joe de Lima apresenta uma obra cheia de ação, romance, adrenalina, fanatismo político e reviravoltas surpreendentes.

Resenha

Ativista é o terceiro e último livro da Trilogia Vera Cruz, uma distopia nacional onde a sociedade foi totalmente reformulada depois de uma grande guerra. Esta sociedade é dividida pela disputa de poder entre o governo (e sua guarda nacional) e o exército independente Arcanum, disputa ainda mais inflamada pelas ações eco-terroristas do grupo Voz Verde. Neste volume Marcel ainda se recupera física e mentalmente após os eventos do livro anterior, onde a Arcanum deu um golpe e assumiu o governo, mas precisa se recuperar rapidamente para iniciar sua próxima e mais importante missão.

O cabo de vassoura escapou dos dedos. Outra vez… Marcel apoiou as mãos nos joelhos e soltou um suspiro irritado. Só passaram duas semanas, não posso ter ficado fora de forma tão rápido.

Novamente, após os acontecimentos do livro II, nos vemos diante de um Marcel com seus poderes de arcanista a níveis ainda mais surpreendentes, mas que pode trazer terríveis consequências para ele. E agora já sabendo bem onde está envolvido, ele talvez precise utilizar esses novos e perigosos poderes para pender a balança da guerra a seu favor. Num enredo cheio de batalhas, mortes e intrigas, e que também não deixou de nos mostrar um plot twist realmente surpreende, o autor consegue manter uma boa mescla de distopia, magia e romance adolescente durante toda a trama.

Um ponto muito interessante foi a introdução de mais alguns animais mutantes na trama, antes apenas os cães mutantes da Cidade Baixa tiveram uma certa relevância. Dentre outros animais que foram afetados pela radiação, agora temos presentes no enredo tamanduás, cobras, corujas e jacarés mutantes. Sendo que esses dois últimos possuem um certo destaque e participações decisivas na história. No caso da coruja Luna, ela tem uma participação até certo ponto “espiritual”, atuando como um guia para o Marcel seguir e achar o melhor caminho na sua empreitada. Já os jacarés mutantes, presentes nos rios amazônicos, são os responsáveis pelos momentos mais tensos e tristes da trama!

Um jacaré emergiu onde ocorreu uma delas, a quase cem passos do comboio. A fera apoiou-se sobre quatros de suas patas, enquanto os cinco ocupantes da Brigade com o pneu furado correram desesperados para dentro das três SUVs restantes. Ao mesmo tempo, fuzis cuspiram fogo contra o animal mutante. A fera emitiu um guinchado e fugiu para dentro do túnel.

Já um outro ponto me incomodou bastante, nos livros anteriores as personalidades dos personagens estavam bem definidas, mas neste volume o Max me deixou bastante confuso. Apesar do autor tentar mostrar o tempo todo as suas motivações e tals, eu não consegui ser convencido, me pareceu um personagem meio bipolar e deslocado daquela realidade ali. Em compensação seus embates com o Marcel são bem interessantes e valem a pena.

Com relação a capa, mesmo sendo simples como na maioria dos livros independentes, possui uma solução muito bem executada, e traduz bem a nova fase do protagonista da obra. A diagramação também é simples e sem muitos floreios, mas muito bem trabalhada. Agora, já com relação a revisão, encontrei diversos erros de concordância e esquecimento de palavras, e que em alguns momentos podem atrapalhar um pouco por dar uma certa “quebra” na leitura. Mas é algo totalmente compreensível por ser um trabalho independente.

Então é isso pessoal, chega ao fim uma série distópica muito interessante e criativa, que foge um pouco de alguns clichês e nos transporta para um mundo cheio de tecnologia, magia e eco-terrorismo. Uma série que nos entrega diversos valores, como a família, o amor e a amizade. E em meio a ataques terroristas, discussões ecológicas e uma certa alfinetada na nossa política atual, vemos construída uma trama que não deve em nada às conceituadas obras distópicas que o público em geral cultua, tais como Maze Runner, Jogos Vorazes, Divergente e outras.

***

Trilogia Vera Cruz

***

Ficha Técnica

Título Ativista
Série Trilogia Vera Cruz
Autor Joe de Lima
Editora Independente
Páginas 400
Gênero Distopia, Ecoterrorismo
Capa  Rafa Lee

Ativista

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Muito bom!

Chega ao fim uma série distópica muito interessante e criativa, que foge um pouco de alguns clichês e nos transporta para um mundo cheio de tecnologia, magia e eco-terrorismo. Uma série que nos entrega diversos valores, como a família, o amor e a amizade. Em meio a ataques terroristas, discussões ecológicas e uma certa alfinetada na nossa política atual, vemos construída uma trama que não deve em nada às conceituadas obras distópicas que o público em geral cultua, tais como Maze Runner, Jogos Vorazes, Divergente e outras.

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de TV. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Veja Também

Resenha | Dois Mundos, de Simone O. Marques

Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes …

Conto | A história de um viajante, de Sonia Regina

– O estagiário não veio. O Dr. Dante, ouvindo a notícia, quis adiar o exame. …

Resenha | Dragão de Gaia, de Joe de Lima

Orbitando o planeta Proxima III, Gaia é uma lua cheia de verde e de vida. …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas