Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | As Amazonas das Montanhas – O segredo das guerreiras, de Marih Macar

Resenha | As Amazonas das Montanhas – O segredo das guerreiras, de Marih Macar

image Resenha | As Amazonas das Montanhas - O segredo das guerreiras, de Marih Macar SINOPSE

A vida segue dura nas inóspitas montanhas, domínios das amazonas…
Apesar da saúde frágil, a rainha emérita Karina tem uma revelação surpreendente, que pode mudar, não só diretamente as vidas da princesa Diouxie e da guerreira Kíria, como toda a Nação Amazonas.
Entre a revelação, a descoberta e a concretização de tal segredo, fortes paixões acontecem, novas personagens chegam à aldeia, traições são descobertas e as guerreiras amazonas se veem obrigadas a lutarem para defender seus domínios.

 

INFORMAÇÕES

Páginas: 243

Edição: 1

Ano de Publicação: 2015

Medidas: 16X23

Resenha:

Lenda ou verdade?

Essa é uma pergunta que há muito me persegue quando ouço algo à respeito de mulheres guerreiras que viviam em uma aldeia e só se relacionavam com homens uma vez por ano para procriarem e após a fecundação eram mortos por elas.

Como nosso mundo é imenso e misterioso, cheio de recôncavos, florestas de vastas vegetações e infinitas possibilidades não seria impossível  a existência dessas Amazonas…

No segundo livro da série As Amazonas das Montanhas, a autora Marih Macar nos traz uma mostra de como seria  a vida dessas mulheres guerreiras, fortes, determinadas e de beleza extraordinária, além de um resumo do primeiro livro da série.

A história se inicia com uma aldeia situada na Cordilheira dos Andes, onde rainhas, princesas, conselheiras e guerreiras fazem parte.

Karina, a rainha, descobre que está a beira da morte, conhecedora da medicina e ciência contemporânea  e da natureza,  se vê obrigada a revelar um segredo para sua filha adotiva Diouxie e a guerreira Kíria.

O pesado e misterioso livro, além de um diário, revelam fórmulas, números, DNA e enigmas quase indecifráveis…

A história é repleta de aventuras, desafios, romance e traições, várias personagens vão aparecendo ao longo da trama deixando a leitura mais eletrizante, e a autora acrescentou uma boa dose de erotismo durante a narrativa com cenas picantes e triângulos amorosos.

Apesar de não gostar de triângulo amoroso, em nenhum momento desanimei da leitura por isso.

A  autora soube como  me cativar, a agilidade com que Marih conduziu os acontecimentos não deixou em nenhum momento que a leitura se tornasse enfadonha.

No início não sabia que o livro seguia o gênero GLS, mas encarei a leitura sem problemas, pois a história é muito boa, vale lembrar que no livro contém várias cenas eróticas entre mulheres, portanto, é o tipo de leitura para quem não se sinta desconfortável em presenciar tais cenas.

Gostei da escrita da autora, simples e fluída, com personagens fortes, belas e guerreiras.

A capa é linda como toda a história, páginas amarelas e de ótima qualidade, lindo trabalho da Editora Modo.

 

 

Sobre Rê Souza

“A literatura como toda arte, é uma confissão de que a vida não basta” (Fernando Pessoa)

Veja Também

Lançamento | Os Legados do sol e da lua, de Murillo Magalhães

E esta semana começou a pré venda de “Os legados do sol e da lua“, …

Resenha | Blog 3k, de Michelle Louise Paranhos

Quatro amigas formavam o Quarteto Ternurinha nos Anos 70. Anos depois, seus filhos se reúnem …

Resenha | Vermelho amargo, de Bartolomeu Campos de Queirós

Vermelho amargo revela uma face diferente do escritor Bartolomeu Campos de Queirós, e o insere …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas