Início / Resenhas / Literatura Nacional / Resenha | Inverso, de Karen Alvares

Resenha | Inverso, de Karen Alvares

9788582431467-72-1-202x300 Resenha | Inverso, de Karen AlvaresTítulo: Inverso
Autora: Karen Alvares
Editora: Draco
Páginas: 136
Gênero: Fantasia, Suspense e Mistério, Juvenil
Fonte: Ebook cortesia da Editora

Skoob
Compre aqui

Sinopse (Fonte: Skoob) “Ser adolescente é injusto”. Essa é uma das frases de Inverso e provavelmente a mais emblemática. O leitor se pega fazendo e refazendo suas próprias decisões o tempo todo no lugar de Megan e por isso mesmo entende o quão difícil é a decisão que ela deve tomar! E os personagens são tão bem construídos que saltam das páginas! Apaixonante, empolgante, angustiante!
Fabiana Madruga, autora de Clube dos Herdeiros – Como nossos pais

E se do outro lado do espelho estivesse a vida que você sempre desejou?
Lá no fundo, Megan não quer ser quem é e nem viver essa vida triste, exatamente o inverso daquela que sempre sonhou para si. Tudo começa com a morte de sua mãe. A sensação terrível de que algo nunca mais vai ser como antes. E não será mesmo. O seu único alento é o carinho da irmã, que a vê como o que gostaria de ser quando crescer.
Mas há um novo mundo do outro lado dos espelhos. Um mundo igual ao seu, só que ao contrário. Um mundo perfeito onde as pessoas que morreram estão vivas e Megan é exatamente a garota que deveria ser.
Entrando nessa realidade pelo avesso, Megan começa uma perigosa busca por si mesma onde o reflexo de tudo que há de ruim tentará detê-la. Enquanto segue em frente ela deverá garantir a segurança das pessoas que mais ama.
Inverso é um romance cheio de suspense de Karen Alvares, autora de Alameda dos Pesadelos. Em um labirinto de escolhas sem poder sequer distinguir a própria imagem, Megan deverá lidar com a perda enquanto descobre quem é a garota que a encara no espelho.

RESENHA

Não sei você, caro leitor ou leitora, mas eu, Nadja, tenho mania de ficar imaginando se universos paralelos são possíveis e que bacana seria se pudesse vislumbrar um deles… e mais ainda: já pensou poder visitar um universo paralelo? Então, nesta história Megan visita um universo paralelo escondido do outro lado do espelho. E posso dizer que a experiência que ela viveu me deu um certo medo de continuar buscando uma forma de conhecer outra realidade. Sabe aquela história de que a grama do vizinho é sempre mais bonita, mas que na verdade é uma ilusão? Pois então, aqui o leitor é levado a pensar que a ideia de que “se tivesse acontecido aquilo, ou não tivesse acontecido isso, tudo seria perfeito” é uma bela de uma bobagem. Só conhece as angústias de cada desdobramento de ações quem as vive mesmo…

Megan é órfã de mãe, que faleceu após o surgimento de uma doença no cérebro. Ela vive com o pai e a irmã e estão prestes a se mudar de casa. Durante as conversas sobre a mudança e a necessidade de se desfazer dos pertences da mãe, ela questiona o pai sobre um espelho estranho que fica no quarto do casal. O é categórico ao dizer que o espelho fica. Num dia em que resolvem mexer em todos aqueles objetos dolorosos por conta das lembranças, Megan encontra o diário da mãe, com a orientação de “não leia estas páginas”. Em seguida algo de estranho acontece com aquele espelho diferente. ela se olha, mas vê outra garota. É como se fosse ela mesma, mas um tanto diferente. Bom, depois disso, muita coisa acontece e o leitor não pode largar o livro até que chegue ao final.

A forma que a autora juntou as peças e proporcionou a relação entre Megan e Megany (a garota do outro lado) me lembrou um pouco alguns aspectos da obra “A Hospedeira”. Mas as semelhanças terminam aí. Há um suspense velado neste livro que me chamou a atenção. Não é terror, nem um suspense de dar calafrios. Mas há algo prestes a acontecer e a ser revelado que deixa o leitor com o coração palpitando.

Infelizmente, este livro tem apenas 136 páginas e como a trama é bem elaborada e com vários elementos, faltou página para um desenrolar maior. Ele me pareceu como que uma introdução a algo bem maior que vem por aí. Afinal, o “assunto” se encerrou, mas tem muito suspense, muita coisa a ser desvendada ainda. Queria MUITO já ter a continuação aqui nas mãos para desvendar estes mistérios.

Não posso dizer da edição, pois li a versão ebook, mas a revisão está boa, com apenas alguns pequenos detalhes falhos. É uma leitura agradável e ágil. Sem dúvida, recomendo! É bom analisar “o outro lado”, e dar valor ao que temos e conhecemos. Do lado de lá a coisa pode ser be mais complicada…  😉

 

Sobre Nadja Moreno

Administradora, professora, blogueira, mãe, leitora voraz. Muitas facetas, uma só alma. Sonho com um país mais leitor, mais crítico, mais evoluído e altruísta.

Veja Também

Resenha | Tempestades de Sangue, de Kel Costa

Sasha está desolada pela morte de sua amiga Helena, que morreu diante de seus olhos …

Resenha | Tronos & Ossos – O Enigma do Chifre, de Lou Anders

Depois de atravessar florestas e desertos gelados para salvar Thianna, Karn precisará viajar montado num …

Lançamento | Arlock – Um conto de Ellora

Arlock, Um conto de Ellora Sinopse: O jovem elfo Hevan Arlock passou a infância sendo …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas