Início / Espaço Cultural / Divulgação / Flipoços | Bate Papo com Thalita Rebouças

Flipoços | Bate Papo com Thalita Rebouças

WhatsApp-Image-2017-05-06-at-22.58.48 Flipoços | Bate Papo com Thalita Rebouças

Quem a conhece pela TV sabe: extrovertida, louca e totalmente ligada à mente jovem. Não é atoa que faz sucesso com o público adolescente por onde quer que passe. A escrita exagerada, dramática e que nos faz lembrar de todos os problemas que estamos passamos ou já passamos quando mais novos conquista. A simpatia e o bom humor ainda mais. Adivinhou? Estamos falando de Thalita Rebouças. A escritora participou de um bate papo com o público na última sexta (5), durante o Festival Literário de Poços de Caldas (Flipoços).

No início, fica aquela sensação de “estamos diante de uma pessoa famosa, como reagir?”, até que a própria Thalita resolve o problema. Apresentada ao público, solta um “oooooooooooooi gente” animada e mostra vontade de conversar de onde está, no meio da plateia e não em cima do palco, em que a cadeira a aguarda. Mas diante das queixas de que algumas pessoas não a conseguem ver, decide subir. “Sou muito baixinha, né?”, brinca.

Também diz que não gosta de palestrar. Prefere que façam perguntas, para que possa interagir com o público e acabar falando de assuntos que realmente os interessem. Dá certo. Depois de quebrado o gelo, todos querem perguntar alguma coisa à autora, que aliás lançou o livro ‘Confissões de um adolescente tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado’. Se as outras obras dela já eram suficientes para querer ler este também, a curiosidade só aumentou depois que ela falou sobre o conteúdo. “É um livro em que abordo temas que nunca tinha abordado antes. Me emocionou bastante e eu estou lançando ele com muita expectativa, porque acho que é o meu melhor livro, tomara que vocês achem também”, brinca.

Thalita também fala sobre as mudanças que tem acompanhado no mercado literário desde que começou a escrever para o público jovem, há 17 anos. “Quando eu comecei, não tinha quase ninguém escrevendo para esse publico da nova geração. Tinha os mestres de sempre, Pedro Bandeira e Ana Maria Machado, mas não tinha gente nova investindo nesse mercado. É tão bacana olhar para trás e ver quanta gente começou a escrever, quantas editoras passaram a investir nos selos jovens. Fico muito feliz de tanta gente que hoje escreve e fala que se inspirou em mim, na minha trajetória, história e na minha persistência”, comenta.

O livro Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (ligeiramente) Apaixonado pode ser comprado através do link.

Sobre Gabriela Bandeira

Jornalista mineira, totalmente apaixonada por literatura nacional e internacional. Autora do livro-reportagem Singularidades - Um olhar sobre o Autismo.

Veja Também

Resenha | Rio: Zona de guerra, de Leo Lopes

Em um futuro próximo, as desigualdades sociais e econômicas chegaram a níveis tão alarmantes que …

Lançamento | Os Legados do sol e da lua, de Murillo Magalhães

E esta semana começou a pré venda de “Os legados do sol e da lua“, …

Resenha | Blog 3k, de Michelle Louise Paranhos

Quatro amigas formavam o Quarteto Ternurinha nos Anos 70. Anos depois, seus filhos se reúnem …

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas