Início / Em Cena / Na telona / Filme | Arn – O Cavaleiro Templário

Filme | Arn – O Cavaleiro Templário

Arn-O-Cavaleiro-Templário-EscrevArte-209x300 Filme | Arn - O Cavaleiro TemplárioArn – O Cavaleiro Templário
Ano: 2007
Direção: Peter Flinth
Gênero: Drama / Ação / Aventura / Guerra
Elenco: Link Adoro CinemaSinopse: Um conto de poder, coragem e traição. Este filme, ambientado na Suécia, conta a inesquecível história de amor entre Arn Magnusson, jovem culto e exímio esgrimista, e Cecília. Separados pela guerra entre cristãos e muçulmanos, Arn é enviado como cavaleiro templário à terra santa. Aprendendo a sobreviver e superar o sofrimento, ambos jamais perdem a confiança um no outro, nem a certeza de que se reencontrarão. Ao retornar à sua pátria, Arn tem que lutar por seu amor e por aquilo que se tornou a missão de sua vida: fazer da Suécia um único reino.

ANÁLISE

Para quem gosta de histórias épicas, românticas, cheias de ação e emoção, esse filme certamente será o happy hour do final de semana.

O filme retrata uma emocionante história no cenário da antiga Suécia, tendo Arn Magnusson, um notório esgrimista, e a bela Cecília como protagonistas. No meio de uma divisão tanto religiosa quanto familiar, os jovens terminam por se apaixonar, e o fruto desse amor é a gravidez de Cecília antes do casamento.

A Igreja Católica, considerando o ato um pecado abominável, condena ambos os jovens, separando-os por mais de vinte anos.

O filme abrange diferentes pontos de vista: o foco principal é, naturalmente, o romance dos jovens, que deixa o telespectador totalmente envolvido na história, esperando e torcendo pelo resultado final, o “grande final feliz” – que por vezes vai deixa-lo com, no mínimo, um aperto no coração.

A ação da guerra também é presente e muito bem retratada, uma vez que o protagonista é enviado pela Igreja Católica para as guerras em Jerusalém. Em meio a ação, o crescimento e desenvolvimento de Arn – tanto como guerreiro, quanto em sua maturidade e caráter – tornam-se evidentes a cada batalha.

Por fim, são cerca de 130 minutos de uma mistura de muito amor e angústia, guerra e esperança que acabam por prender os olhos e a atenção do espectador do começo ao fim, levando-o a pensar sobre a força de um verdadeiro amor, o valor da lealdade e a importância da gratidão.

Sobre Grazielle Ailis

Grazielle Ailis, 19 anos, cristã e clássica leitora apaixonada pela estante cheia de livros! Siga no Instagram: @grazieailis

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas