Início / Causos & Versos / Conto | No umbral, de Sonia Regina

Conto | No umbral, de Sonia Regina

No Umbral

Death-In-Hospital-Corridor-768x384 Conto | No umbral, de Sonia Regina

Tudo quanto é novato que entra na Santa Casa de Santos vem logo com a história da freira.

Ontem foi o caipira de Birigui, que demorou quase uma hora para voltar de sua pausa, inventando que foi chamado pela tal freira. Ora, eu preferia que ele confessasse o crime, que dissesse que deu um cochilo, que encontrou a namorada, que ficou a conversar, tudo menos essa desculpa esfarrapada.

Ninguém chama ninguém pessoalmente dentro desse imenso prédio, para que servem os telefones e os alto falantes, senão para isso mesmo, para chamar? Pois eu resolvi dar uma lição no rapaz. Catei ele pelo braço e fui direto para o leito do Galego. Ia desmascarar o descarado, escancarar a mentira. Ora, uma equipe estava justamente transferindo o velhinho para a UTI.

A enfermeira Odete me sai com essa:

- Dr. Oscar, se não fosse o novo doutor aí, o homem morria.

- Eu vim justamente saber porque não recebi o chamado lá no PS.

- Quando eu entrei no quarto para acudir o paciente, o doutor Birigui ia justamente entrando, então não chamei ninguém, afinal, ele está de plantão  no PS, não?

- Ele disse que veio aqui a seu chamado, enfermeira.

- Não, o que eu disse é que fui chamado pela freira. E meu nome é Aluísio.

- Desculpe, doutor, mas Birigui é um apelido mais fácil de guardar. Olha, faz anos que aqui não tem freira, não.

- Onde você encontrou essa freira?

- Eu ia entrar no elevador para descer ao PS quando ela me puxou pela manga e me arrastou, dizendo que era uma emergência.

- Ué, ela pegou você, rapaz? Eu pensava que fantasmas não podiam pegar nos vivos. - falei eu.

- Mostra a foto para ele, doutor Oscar.

De maldade, eu levei o calouro para a ala da diretoria, onde tem uma galeria de retratos de todos os presidentes, médicos e administradores, incluindo dezenas de freiras. Ele foi direto na foto dela -  como os cinco anteriores antes dele - com a mesma certeza, e depois o mesmo espanto ao ler a data da morte:

- Ela.

Acho que esses palhaços combinam antes a peça que vão pregar no monitor. Só pode ser isso.

Os mais antigos batem no meu ombro, rindo:

- Relaxa, Oscar, é o fantasma da casa. Fantasma bom e luminoso, como tudo deve ser na nossa cidade.

Sei que eles frequentam o centro na quarta-feira e a igreja no domingo, os convertidos.

Eu, não. Sou católico convicto e não me deixo levar por essas crendices.

Pelo menos até ontem.

Porque a engraçadinha da freira me sorriu de dentro da moldura e falou:

- Vai daqui direto para a ala C que a Angelina vai ter um infarto daqui a cinco minutos.

Esta moça tem trinta anos e internou-se para uma cirurgia eletiva. Pelo sim, pelo não, eu virei-me, saí correndo, encontrei a Angelina sozinha no quarto, com a mão estendida, tentando alcançar a sineta.

Não posso dizer que é coisa do demo. Porque  claro está que um fantasma que aparece para salvar vidas não pode ser o diabo disfarçado.

Capitulei.

À minha volta agora há risos, suspiros, vozes, vultos.

Recebi meu passaporte para o mundo invisível no qual que vivemos imersos e sinto na minha, a mão amiga de meu guia.

11036530_1384987771820839_7004590575002924074_o-e1495157296308 Conto | No umbral, de Sonia Regina

Sonia Regina Rocha Rodrigues

Escritora nascida em Santos, em uma cidade espremida entre o mar e a serra, à parte do continente. Nascer em uma ilha, se de um lado nos isola, de outro nos abre para o oceano, com todas as possibilidades de viagens, descobertas, conquistas e sonhos. É autora dos livros de contos "Dias de Verão", (1998), É suave a noite (2014), Coisas de médicos, poetas, doidos e afins (2014) e um de programação neurolinguística "O Que Você Diz a Seu Filho? – (1999)

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de TV. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Deixe uma resposta

Loading Disqus Comments ...
Loading Facebook Comments ...
Pular para a barra de ferramentas